Solenidade da Epifania do Senhor.

 

💫 Sede adorado, Deus misericordioso,

por Vos terdes dignado descer dos céus a esta terra.

Nós Vos adoramos em grande humildade

por Vos terdes dignado elevar todo o gênero humano.

 

Insondável na Vossa misericórdia, inconcebível, 

por amor a nós assumis um Corpo

na Virgem Imaculada, pelo pecado jamais tocada,

porque assim o estabelecestes desde a eternidade.

 

A Santa Virgem, esse lírio branco como a neve

é a primeira a bendizer a onipotência da Vossa misericórdia:

o seu Coração puro — abre-se com amor à vinda do Verbo,

crê nas palavras do mensageiro divino e na confiança se confirma.

 

Admirou-se o céu que Deus se tornou homem,

que há na terra um coração digno do próprio Deus.

Por que, Senhor, não Vos unistes ao serafim, mas ao pecador?

Oh, porque apesar da pureza do ventre virginal,

esse é o mistério da Vossa misericórdia.

 

Ó mistério da misericórdia divina, ó Deus de piedade,

que Vos dignastes abandonar o trono do céu

para rebaixar-Vos até a nossa miséria, até a humana fraqueza,

porque não são os anjos, mas os homens que precisam de misericórdia.

 

Para exaltar dignamente a misericórdia do Senhor,

com Vossa Mãe Imaculada nos unimos,

e então o nosso hino Vos será mais agradável 

— porque Ela é a escolhida dentre os anjos e os homens.

 

Por Ela, como por um cristal puro,

passa para nós a Vossa misericórdia,

por Ela, o homem torna-se agradável a Deus,

por Ela, nos jorra o manancial de todas as graças.  Diário de Sta. Faustina 1746

e-max.it: your social media marketing partner